Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marcos Valério depõe na PF e pode ganhar delação premiada


Bernardo de La Peña - Agência O GloboBRASÍLIA - O empresário mineiro Marcos Valério, responsável pelo esquema de pagamento à base aliada no Congresso, conhecido como mensalão, prestou esclarecimento, nesta quarta-feira, na Polícia Federal, no inquérito que investiga as suas relações com o financiamento da campanha do senador Eduardo Azeredo, ex-governador de Minas Gerais. Valério, que chegou à PF por volta das 10h30m, deixou o prédio pela garagem às 13h30m. A Polícia Federal deve concluir nos próximos dias o inquérito 2280, que investiga o esquema que teria sido o embrião do valerioduto.Valério esteve reunido com o delegado Luiz Flávio Zampronha. O delegado queria a colaboração do empresário nas investigações, vista como um primeiro passo para um acordo que poderia beneficiá-lo com o expediente da delação premiada. Valério, entretanto, segundo os investigadores, não acrescentou informações relevantes às investigações, mas reforçou a sua tese de defesa. A PF tem evidências de que houve a participação de empresas públicas mineiras como fontes de recursos das empresas de Valério. O empresário tomou empréstimos no valor de aproximadamente R$ 11 milhões, que foram repassados à campanha tucana de 1998 em Minas.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di