Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marco Aurélio pede à PRG para investigar grampos


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Athayde Fontoura Filho, disse nesta segunda-feira que o presidente do TSE, ministro Marco Aurélio Mello, vai pedir à Procuradoria-Geral da República para investigar o grampo nos telefones de ministros da Corte e do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Athayde, o grampo no TSE foi instalado há menos de um mês, já que são feitas varreduras mensais nos telefones do tribunal.Athayde informou ainda que as varreduras no TSE passarão a ser feitas semanalmente até o segundo turno das eleições. Marco Aurélio também enviará ofício à presidente do STF, Ellen Gracie, comunicando o caso.A empresa Sence, encarregada da varredura, encontrou grampos nos telefones utilizados por Marco Aurélio e Cezar Peluso no STF e num telefone-fax do ministro Marcelo Ribeiro, no TSE. A Fence cobra R$ 250 por cada linha telefônica inspecionada e checa mensalmente 60 telefoness do TSE. Segundo a empresa, o grampo é profissional. Athayde disse que ainda não se tem suspeitas sobre a instalação das escutas e mostrou-se preocupado:- É preocupante. É uma afronta à Casa da Justiça Eleitoral - disse.Athayde não sabe dizer quando foram instalados os grampos no STF, já que a Corte não costumava fazer esse tipo de inspeção. A varredura que detectou os grampos no STF foi feita a pedido do ministro Cezar Peluso.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.