Porto Velho (RO) terça-feira, 14 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marco Aurélio Garcia diz que PT não está pressionando Lula


Sueli Cotta, Agência O GloboBELO HORIZONTE - O PT não deve brigar por cargos no governo, segundo o vice-presidente nacional do partido e assessor para assuntos internacionais no governo Lula, Marco Aurélio Garcia. Ele nega que o PT de São Paulo esteja pressionando o presidente Lula e que o tenha colocado em uma saia justa ao impor um cargo para a ex-prefeita de São paulo Marta Suplicy. Para Marco Aurélio Garcia, o partido simplesmente propôs um nome, cabe ao presidente Lula aceitar ou não.A declaração de Marco Aurélio Garcia foi dada ontem, durante um encontro do PT em Belo Horizonte para discutir a eleição no ano que vem. Um grupo no partido defende a manutenção da mesma aliança que elegeu o prefeito Fernando Pimentel e quer trabalhar para garantir a unidade do partido. O nome do candidato defendido pelo PT, no entanto, pode ser indicado por outra legenda.

Mais Sobre Política - Nacional

Concurso para PM no Paraná cobra nível de masculinidade

Concurso para PM no Paraná cobra nível de masculinidade

A Polícia Militar do Paraná abriu edital nesta segunda-feira (13) para a contratação de 16 cadetes; entre os 72 critérios psicológicos que serão avali

TCE-RO estimula participação do cidadão por meio de sugestões ao Plano de Combate à Corrupção

TCE-RO estimula participação do cidadão por meio de sugestões ao Plano de Combate à Corrupção

 A sociedade poderá contribuir com sugestões para a elaboração do Plano Nacional de Combate à Corrupção que será lançado em breve pela Estratégia Naci

Rombo da Previdência quase quadruplica em 6 anos

Rombo da Previdência quase quadruplica em 6 anos

Déficit chega a R$ 93 bi, já supera gastos com saúde e é desafio para os novos governadores

Tijolaço: Jungmann debocha do caso Marielle?

Tijolaço: Jungmann debocha do caso Marielle?

O jornalista Fernando Brito, editor do blog Tijolaço, pergunta se o ministro da segurança pública Raul Jungmann está debochando do caso Marielle ao de