Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marco Aurélio defende PF no episódio da quebra de sigilo de jornal


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente do PT, Marco Aurélio Garcia, defendeu nesta quinta-feira a atuação da Polícia Federal no episódio da quebra do sigilo de um dos telefones da sucursal de Brasília da "Folha de S.Paulo", instalado no comitê de imprensa da Câmara dos Deputados, durante as investigações da tentativa de venda de um dossiê contra políticos tucanos. Marco Aurélio disse que a quebra do sigilo foi feita com autorização judicial, e que a PF não sabia que o telefone era do jornal. Segundo ele, o governo jamais cerceou o trabalho da imprensa.- A quebra de sigilo foi com autorização judicial. A PF não sabia e a pergunta (sobre a quebra) tem que ser dirigida ao Poder Judiciário. Eu não sou juiz, perguntem a quem liberou o sigilo. Qualquer sigilo precisa ser quebrado com autorização. O governo não tem nenhuma medida de cerceamento à imprensa. Tem garantido nesse país uma liberdade de imprensa absoluta, e tanto é verdade que tem sido objeto de ataques fortíssimos da impresa, e tem convivido democraticamente com isso. Não há cerceamento da liberdade de imprensa, e qualquer atentado à liberdade de imprensa receberá do governo, do PT, e de mim em particular, uma condenação muito enérgica - afirmou.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenheiro da Petrobras denuncia roubo de meio trilhão

O Brasil está prestes a ser roubado em meio trilhão de reais por conta do projeto de lei 8939/2017...

Dodge diz que sistema prisional precisa entrar na agenda política

Segundo a procuradora-geral, o problema precisa ser enfrentado de forma coordenada e integrada por todos titulares da Ação Penal Pública, do sistema d

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da