Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marco Aurélio defende PF no episódio da quebra de sigilo de jornal


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente do PT, Marco Aurélio Garcia, defendeu nesta quinta-feira a atuação da Polícia Federal no episódio da quebra do sigilo de um dos telefones da sucursal de Brasília da "Folha de S.Paulo", instalado no comitê de imprensa da Câmara dos Deputados, durante as investigações da tentativa de venda de um dossiê contra políticos tucanos. Marco Aurélio disse que a quebra do sigilo foi feita com autorização judicial, e que a PF não sabia que o telefone era do jornal. Segundo ele, o governo jamais cerceou o trabalho da imprensa.- A quebra de sigilo foi com autorização judicial. A PF não sabia e a pergunta (sobre a quebra) tem que ser dirigida ao Poder Judiciário. Eu não sou juiz, perguntem a quem liberou o sigilo. Qualquer sigilo precisa ser quebrado com autorização. O governo não tem nenhuma medida de cerceamento à imprensa. Tem garantido nesse país uma liberdade de imprensa absoluta, e tanto é verdade que tem sido objeto de ataques fortíssimos da impresa, e tem convivido democraticamente com isso. Não há cerceamento da liberdade de imprensa, e qualquer atentado à liberdade de imprensa receberá do governo, do PT, e de mim em particular, uma condenação muito enérgica - afirmou.

Mais Sobre Política - Nacional

Crimes eleitorais: Senadores têm projeto para reverter decisão do STF

Crimes eleitorais: Senadores têm projeto para reverter decisão do STF

Um projeto de lei que pretende reverter a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre processos da Lava Jato que envolvem crimes eleitorais associ

OAB e ABRAJI repudiam a agressão de Bolsanaro à jornalista

OAB e ABRAJI repudiam a agressão de Bolsanaro à jornalista

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) emitiram uma nota conjunta repudiando o ataque fe

Damares: Governo exigirá cadastro de famílias que optem por ensino domiciliar

Damares: Governo exigirá cadastro de famílias que optem por ensino domiciliar

Crianças farão avaliações periódicas, diz ministra em exclusiva à EBC

Respeito elementar

Respeito elementar

Lula é preso comum e deveria estar num presídio comum