Porto Velho (RO) quarta-feira, 15 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mantega: 'Não há recurso extra para aumento de parlamentar'


Cristiane Jungblut - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ter sido pego de surpresa pela decisão do Congresso de equiparar os salários dos parlamentares aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), teto do funcionalismo, mas afirmou que a decisão é perfeitamente legal. Mantega, no entanto, garantiu que o governo não dará recursos suplementares ao Congresso. Segundo ele, esse aumento tem que ficar limitado aos gastos já atribuídos ao Legislativo.- Existe autonomia dos poderes no país, mas é dinheiro público. Eles têm uma margem orçamentária e se precisarem de mais orçamento para isso, evidentemente que procuraremos não dar esse acréscimo - afirmou.O impacto anual do aumento será de R$ 157 milhões na Câmara e de R$ 16 milhões no Senado. Mantega disse não ter feito os cálculos, mas enfatizou a necessidade de que tudo se mantenha dentro dos gastos previstos.- A idéia é que já houve uma distribuição de recursos no Orçamento de 2007, e, portanto, é isso que deve permanecer - reforçou.Mantega disse que não defende a extensão do aumento para o Executivo, mas brincou dizendo que os salários do presidente e dos ministros estão congelados há oito anos e que um dia desses acabaria fazendo uma greve.- Não defendo isso, uma equiparação com o Legislativo, porque me parece que para nós ministros seria excessivo ter um salário dessa magnitude, embora que eu gostaria muito de receber esse salário. Nossos salários continuam congelados. Qualquer dia faço uma greve para aumentar meu salário - disse o ministro, em tom de brincadeira.Ao ouvir um repórter dizer que outros ministros, como Luiz Fernando Furlan e Waldir Pires, também reclamaram dos salários, Mantega respondeu:- Já imaginou eu fazendo greve com o Furlan?

Mais Sobre Política - Nacional

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servid

Herança de Temer continua em 'construção': 79,5 mil moradias populares são canceladas

Herança de Temer continua em 'construção': 79,5 mil moradias populares são canceladas

Em reunião ocorrida no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), em Brasília (DF), lideranças dos movimentos populares foram informadas q