Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Magistrados fazem lobby minutos antes de CNJ iniciar sessão sobre supersalários


Carolina Brígido - Agência O GloboBRASÍLIA - Pouco antes de começar a sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para decidir a questão dos supersalários no Judiciário, os magistrados ainda se empenhavam para fazer lobby com os membros do CNJ. Um grupo de juízes está, no início da tarde desta quarta-feira, percorrendo gabinetes para tentar convercer os conselheiros de que têm direito de continuar recebendo a remuneração privilegiada.- Tem que ter esperança que existe direito... - disse o presidente do Colégio Permanente dos Presidentes dos Tribunais de Justiça, José Fernandes, que está no CNJ neste momento.Na reunião desta quarta-feira, o CNJ irá decidir que providência tomar contra os Tribunais de Justiça que ainda resistem em cortar os excessos das folhas de pagamento. Os desembargadores ameaçam descumprir a ordem e recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), caso o conselho não recue da decisão.Na última tentativa de manter os salários acima do teto do funcionalismo, presidentes de tribunais visitaram nesta terça-feira a presidente do CNJ, ministra Ellen Gracie Northfleet, para defender a manutenção das regalias.- Se forem determinados os cortes, eu pessoalmente vou recorrer. É um patrimônio reunido em anos de vida pública - disse o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Celso Limongi, sobre o próprio contracheque.Limongi é um dos 2.978 servidores de 20 tribunais de segunda instância privilegiados com rendimentos superiores ao teto de vencimentos da categoria. Eles deveriam receber, no máximo, R$ 22.111 por mês. No entanto, um levantamento divulgado em novembro pelo CNJ revelou a existência de salários de até R$ 34,8 mil. Limongi recusa-se a revelar o valor de seu salário, mas garante que não é dele o contracheque mais valioso do Judiciário.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul