Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula homenageia Sivuca e Niemeyer


Luiza Damé - Agência O GloboBRASILIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, na manhã desta sexta-feira, da inauguração do Museu da República e da Biblioteca Nacional de Brasília, projetos do arquiteto Oscar Niemeyer, que hoje completa 99 anos. As construções, juntas, formam o Complexo Cultural da República e estão localizadas na Esplanada dos Ministérios, próximo à Catedral.No discurso, Lula fez uma homenagem ao músico Sivuca, que morreu na noite de quinta-feira, e a Niemeyer. A inauguração marca também o ano do centenário do arquiteto.- Nós temos muito orgulho de termos nascido num país que tem como filho, Niemeyer - disse lula, acrescentando que:- A vida não é só de alegria. Perdemos hoje uma das extraordinárias figuras culturais deste país, o querido Sivuca. Ele foi um artista completo e certamente fará falta à cultura brasileira - afirmou.Para Lula, com a conclusão do Complexo Cultural da República, Niemeyer vai ver concluído seus projetos para Brasília:- Certamente, no dia em que Niemeyer não estiver entre nós, ele saberá que se foi quando todos os seus filhos projetados para Brasília ficaram concluídos.O museu da República e a Biblioteca Nacional foram construídos pelo governo do Distrito Federal em dois anos e custaram cerca de R$ 110 milhões. O complexo abrigará ainda restaurantes, cafés e lojas numa área total de 91,8 mil m2. Ao falar da obra, Lula elogiou a governadora do DF, Maria de Lourdes Abadia (PSDB), e o ex-governador Joaquim Roriz (PMDB), eleito senador.- Um projeto, por mais bonito que seja, só se transforma em realidade quando tem gente com coragem para fazer. Fazer uma obra como essa é um ato de coragem, porque poderia estar pronta, mas só agora (alguém) se dá conta de que Brasília precisa - disse.O presidente acabou fazendo uma crítica a Brasília: - Brasília é uma cidade extraordinária, pelo menos para quem mora nas regiões mais próximas ao centro de Brasília.O Complexo Cultural da República homenageia Leonel Brizola, que foi o único político brasileiro a governar dois estados diferentes (Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro), morto em 2004, e o estudante da Universidade de Brasília (UnB), Honestino Guimarães, que desapareceu na ditadura militar.No discurso, Lula lembrou que, segundo pesquisa do IBGE, a cultura é o quarto item de consumo do brasileiro:- Isso nos deixa feliz, mas aumenta a responsabilidade para satisfazer os anseios do povo, por cada vez mais acesso aos bens culturais. No nosso governo, nós fizemos um esforço grande no sentido de promover a rica diversidade cultural do Brasil.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Ministro Marco Aurélio Mello, do STF, liberou para a inclusão na pauta da 1ª Turma da corte o julgamento contra o candidato da extrema-direita a presi

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

O diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho, morreu nesta terça-feira no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, vítima de um câ

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';