Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula e PMDB vão discutir nome para Agricultura. Desenvolvimento ainda é dúvida


Agência O GloboBRASÍLIA e RIO - Os caciques do PMDB devem se reunir ainda nesta segunda-feira com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para decidir quem será o novo titular da Agricultura. O PMDB conquistou a pasta na na reforma ministerial e indicou o deputado federal Odilio Balbinotti (PMDB-PR), que, alvo de investigações por falsidade ideológica, falsificação de documentos e uso de laranjas para alongar empréstimos bancários, desistiu de assumir o ministério no sábado.- Manteremos a mesma lista que entregamos ao presidente Lula, à exceção de Balbinotti, claro - disse o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN).Além de Balbinotti, a lista inclui Fernando Diniz (MG), Eunício Oliveira (CE), Tadeu Filippelli (DF), Reinhold Stephanes (PR) e Waldemir Moka (MS) - este último o mais cotado para o cargo. De acordo com o Blog do Noblat, os preferidos da bancada são Moka e Filippelli. Sábado de manhã, antes da desistência de Balbinotti, Temer fez muitos elogios ao parlamentar de Mato Grosso do Sul.- O Moka é muito respeitado na área ruralista. O ex-ministro Roberto Rodrigues, com quem conversei ontem (anteontem) elogiou muito o nome dele. Para o PMDB o importante é o partido continuar com o ministério - disse Temer.Em conversa com Lula, na sexta-feira, Alves e Temer ouviram que, se houvesse algum fato novo durante o fim de semana, eles seriam chamados para um novo encontro já na segunda-feira.- O fato novo aconteceu, foi a desistência de Balbinotti. Portanto, esperamos conversar com o presidente e decidir quem assumirá a pasta - disse Alves.Em entrevista no sábado , Odilio Balbinotti voltou a alegar inocência, afirmou que lamenta a decisão e atribuiu a seus adversários políticos a repercussão negativa na mídia de sua indicação para o cargo.- Eu não agüento muita pressão.Ministro do Desenvolvimento ainda é dúvidaLula ainda não encontrou substituto para Luiz Fernando Furlan, que deixará o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. É o único ministério totalmente em aberto. O empresário Jorge Gerdau e o executivo Maurício Botelho, presidente da Embraer, foram sondados, mas os contatos não prosperaram. A ida já confirmada de Walfrido Mares Guia para o Ministério das Relações Institucionais abre espaço para a entrada da ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT) no Ministério do Turismo. Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente da República, telefonou para a ex-prefeita de São Paulo na sexta-feira convidando-a para uma audiência com Lula na próxima segunda-feira ao meio-dia, para que o convite seja formalizado. Marta diz a interlocutores que está disposta a aceitar o cargo. Pastas do PMDB controlam quase 20% do OrçamentoO PMDB passa a ter cinco pastas com a reforma ministerial, que juntas passarão a controlar o equivalente a 19,5% do orçamento dos ministérios (R$ 91,6 bilhões). O partido já tem Comunicações (Hélio Costa) e Minas e Energia (Silas Rondeau). Os dois ministros continuam nos cargos.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di