Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula diz que não fará 'salada de frutas' na composição do governo


Luiza Damé - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira que não tem pressa para montar a equipe do segundo mandato, mas indicou que o PT poderá perder espaço na nova composição do governo. Ele argumentou que o partido já tem o cargo mais importante no governo, que é o de presidente da República. Lula disse ainda que o governo será composto de forma diferente no segundo mandato, mas garantiu que não vai fazer uma 'salada de frutas'.- Não estou discutindo isso porque o governo será composto de forma diferente. Não faremos uma partilha, uma salada de frutas. Eu quero construir uma aliança com os partidos políticos. O que importa são as políticas públicas que o governo vai colocar em prática. O PT vai ter a participação no governo que tenha o tamanho do PT. Aliás, o PT já tem o cargo mais importante do governo, que é o de presidente da República. Já é uma boa representação - afirmou.O presidente disse que há muita ansiedade na imprensa, e que sua decisão não será influenciada por notícias sobre eventuais trocas de ministro. Lula também não descartou a possibilidade de renúncia coletiva de ministros, como defende a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.- Estou acompanhando a imprensa e há uma inquietude com a questão do Ministério. Eu ainda não pensei em um único nome. Nem quem fica nem quem vai entrar. Estou muito tranqüilo. Temos dois meses ainda de mandato para cumprir. O novo mandato vai começar no dia 1º de janeiro. Na hora que eu tomar a decisão vocês vão saber. Vai ter momento para tudo. Não vão ser as manchetes e as notícias de que sai fulano e entra beltrano que vão me fazer tirar ou colocar ministro. Tenho todo o tempo do mundo e vou fazer isso com a tranqüilidade de quem precisa acertar.O presidente disse que sua prioridade neste momento são os projetos de infra-estrutura, e que pretende anunciar medidas nessa área até o fim deste mês, o mais tardar no início de dezembro.- Estou pensando agora. Estou trabalhando todo santo dia, me reunindo com ministros para ver a questão da infra-estturutra, onde está a dificuldade, onde temos problemas de licenciamento prévio, onde temos problemas de recursos, porque quero anunciar medidas de infra-estrutura ainda este mês, o mais tarde no começo de dezembro.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a