Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula destaca importância de denúncias contra violência doméstica


Agência O Globo BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira, ao sancionar a Lei de Enfrentamento à Violência Doméstica, que é preciso estabelecer, enquanto política de governo, um processo de educação para estimular a denúncia. Além disso, disse o presidente, o Estado deve apoiar as pessoas. - As pessoas, para denunciar, precisam saber se o Estado vai cumprir a lei e se vai acabar, definitivamente, a impunidade neste país. Se a gente fizer um processo de educação através desta lei, se a gente incentivar as pessoas a denunciarem, nós - Poder Judiciário, Poder Legislativo, Poder Executivo e entidades da sociedade civil - vamos ter que ficar muito mais vigilantes - afirmou o presidente. Para Lula, a violência doméstica é a "expressão mais perversa" da desigualdade entre homens e mulheres. - A partir de agora, as vítimas da violência doméstica poderão libertar-se da opressão, com a auto-estima fortalecida, com a postura altiva e a esperança renovada de quem se descobriu portadora de direitos e, o que é mais importante, com amparo legal para exercê-los. A lei aumenta de um ano de detenção para três anos a pena máxima para agressões domésticas. Permite ainda que os agressores sejam presos em flagrante ou tenham prisão preventiva decretada. A ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéia Freire, acredita que o número de denúncias possa aumentar com a nova lei. - Quando se oferece à sociedade uma estrutura de serviços onde as mulheres se sintam encorajadas a denunciar porque têm uma rede de proteção para atendê-las, você aumenta a possibilidade de número de denúncias - disse. A Secretaria de Políticas para as Mulheres tem um número disponível para denúncias. O telefone é 180.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)