Quinta-feira, 23 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula assiste à apresentação de bois em Manaus


Luiza Damé - Agência O Globo MANAUS - Como se ainda estivesse em campanha eleitoral, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva atendeu aos apelos dos integrantes dos grupos Garantido e Caprichoso, de Parintins, e assistiu na noite de ontem a uma rápida apresentação de boi bumbá no saguão da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). Lula acariciou a cabeça e pegou nos chifres dos dois bois e ainda acompanhou o bailado das cunhã-porangas - moças bonitas, em tupi - , passistas dos grupos, que usam biquinis, cocares e adereços de penas. Assediado por funcionários da Suframa e curiosos, o presidente tirou fotos e deu autógrafos ao deixar a reunião do conselho administrativo da Suframa. No discurso, Lula fez um desabafo, afirmando que a ele não tem o direito de errar e que precisa ser mais sério que os demais, numa referência às críticas aos casos de corrupção envolvendo petistas e integrantes do governo. - A mim nunca será dado o direito de errar. Nunca. Por isso, se todo mundo tem de ser sério, temos de ser sérios e meio, porque temos consciência do que foi o sacrifício do primeiro mandato. Os que fazem parte deste governo sabem as chibatadas que levamos para chegar aonde chegamos. E chegamos ao final como o governo mais bem avaliado - disse Lula, sendo aplaudido pelos presentes. O presidente criticou a máquina do estado, dizendo que em alguns casos os burocratas tomam decisões porque não conhecem os problemas do cotidiano e não tem a paixão política. Ao falar do contingenciamento de recursos do Orçamento da União, Lula afirmou que algumas situações são patéticas. Ele se referia especificamente à péssima situação das ruas do Distrito Industrial de Manaus, enquanto a Suframa tem cerca de R$ 500 milhões bloqueados no Orçamento. - Ficamos determinados a cumprir o receituário apenas o receituário que foi feito há muito e muitos anos, se pode ou não pode, e pode acontecer uma guerra ali no meio e a pessoa não muda um milímetro - disse Lula. No discurso, o presidente fez uma defesa da Sudam e da Sudene, recriadas depois que terem sido extintas no governo Fernando Henrique Cardoso, em razão de uma série de denúncias de corrupção.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 23 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quinta-feira, 23 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)