Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lula a Aldo e Chinaglia: não quer brincadeira


Maria Lima, Gerson Camarotti e Cristiane Jungblut - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva interferiu pessoalmente na sucessão da Câmara, ao se encontrar, separadamente, com o candidato do PT à Presidência da Câmara, Arlindo Chinaglia (SP), e, mais tarde, com o presidente da Câmara e candidato à reeleição, Aldo Rebelo (PCdoB-SP).Segundo interlocutores do presidente, Lula quis saber da situação na Casa e disse que "não quer brincadeira" na disputa, reafirmando o discurso de que é importante a base estar unida e que não pode haver surpresas, como uma derrota. Mas assessores negam que Lula tenha pedido para algum dos candidatos desistir.O deputado Arlindo Chinaglia, por meio de assessores, disse que "saiu bem satisfeito" do encontro. Aldo Rebelo, por meio da assessoria, informou que confirmou sua candidatura ao presidente Lula. Os dois reafirmaram que o presidente não pediu a retirada da candidatura de um em favor de outro.Proposta de prévia e ofertas ao PMDBChinaglia, desafiou, nesta quarta, o presidente da Câmara a participar de uma prévia na base aliada para que se tenha um candidato único na disputa pelo comando da Câmara. Chinaglia fez a proposta assim que saiu de encontro com o presidente do PMDB, Michel Temer. Mais cedo, Aldo partira para o ataque ao fazer a Temer proposta igual à feita pelo PT, comprometendo-se com a candidatura do PMDB em 2009 em troca de apoio agora.PFL, PP e PSDB não aceitam dar cheque em branco aos peemedebistas, mas concordam que o PSB e o PCdoB assinem o acordo em favor de Aldo. Para aliados de Aldo, é o naufrágio da candidatura Chinaglia.- Isso mostra que a candidatura do Aldo está crescendo. O PFL não pode assinar um acordo desses porque o PMDB não respeitou o regimento que dá a maioria ao PFL no Senado, para disputar lá a presidência. Mas respeita se o PSB e o PCdoB assinarem. O Aldo, como presidente da instituição, também não deve assinar - ponderou o líder do PFL, Rodrigo Maia (RJ), do núcleo da campanha pela reeleição.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di