Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Lucro da Embraer cresce no quarto trimestre


Agência O GloboSÃO PAULO - A Embraer, quarta maior fabricante de aeronaves comerciais do mundo, fechou 2006 com lucro líquido de R$ 621,7 milhões, 12,3% inferior aos ganhos de R$ 708,9 milhões registrados em 2005. A receita líquida também diminuiu, para R$ 8,342 bilhões, cifra 8,7% menor que a do exercício antecedente, de R$ 9,133 bilhões.Nos três últimos meses do ano, a companhia teve um lucro líquido de R$ 215,6 milhões, superior aos ganhos de R$ 205,2 milhões em igual período do ano anterior. A receita líquida, contudo, também caiu. Atingiu R$ 2,33 bilhões, com retração de 14,6% em comparação ao mesmo trimestre de 2005 (R$ 2,72 bilhões).A diminuição da receita reflete o menor número de aviões entregues. Segundo a Embraer, as dificuldades verificadas " no aumento da cadência de produção das aeronaves 190 e 195, especialmente em relação à montagem da asa e a atrasos na cadeia de suprimentos " fizeram a empresa entregar 37 aeronaves no último trimestre de 2006, 7,5% a menos que no mesmo período de 2005, totalizando 130 entregas no ano todo.(Valor Online )

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul