Domingo, 19 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Líderes reagem a projeto que prevê anistia a parlamentares


Isabel Braga - Agência O Globo BRASÍLIA - Líderes da oposição e da base aliada estão reunidos com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, para discutir a pauta de votações desta semana. Um dos principais temas da reunião é o projeto que abre caminho para a anistia de parlamentares envolvidos com os esquemas do mensalão e dos sanguessugas que ainda tiveram seus casos julgados pelo plenário da Casa. O líder do PSDB, Jutahy Junior (BA), reagiu à proposta, que dificulta a reabertura de processos nas legislaturas seguintes em que o caso ocorreu. - Eu não assino, não apoio e não voto - disse o tucano. Já o líder da Minoria, José Carlos Aleluia (PFL-BA), disse que não há nada no regimento da Câmara que proíba ou que obrigue a reabertura dos processos e que é melhor deixar como está. Segundo ele, se a matéria entrar na pauta e for aprovada, o PFL vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) alegando inconstitucionalidade. - Não podemos mudar a Constituição por projeto de resolução - disse. Aleluia disse que não saber as razões que levaram o deputado José Thomaz Nonô (AL), que é de seu partido, a apresentar o projeto. Segundo ele, porém, Nonô não o fez em nome do partido, e sim, como integrante da Mesa da Câmara. O líder do PMDB, Wilson Santiago (PB), não quis emitir opinião sobre o projeto, limitando-se a dizer que os deputados envolvidos devem se explicar e que não apoiará um acordão para livrar os envolvidos. - Muitas vezes a gente assina uma urgência sem ter conhecimento do teor, mas uma coisa podemos dizer, a favor da pizza nós não somos - disse. O primeiro secretário da Mesa da Câmara, Inocêncio Oliveira (PL-PE), entrou para a reunião dizendo que o projeto vai ser retirado. - Vai ser retirado - disse Inocêncio, sem dar mais explicações. O líder do PT, Henrique Fontana (RS), entrou na reunião sem falar com a imprensa.

Gente de OpiniãoDomingo, 19 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 19 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)