Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Líder do PT ironiza: FH ajuda a puxar Alckmin para baixo


Raquel Miura- Agência O Globo BRASÍLIA - O líder do PT na Câmara, deputado Henrique Fontana (RS), classificou de cínicas as afirmações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que acusou o PT e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos escândalos de corrupção envolvendo o governo e o Congreso. Segundo Fontana, o ex-presidente não tem moral para condenar o presidente Lula. - Eu acho que o ex-presidente deveria primeiro explicar por quê no governo dele as máfias dos vampiros e dos sanguessugas atuaram livremente e nunca foram investigadas. Além disso, quem vendeu a Vale do Rio Doce pelo preço que ele vendeu, tem pouca credibilidade para falar qualquer coisa. É um discurso cínico - afirmou Fontana. O líder petista disse ainda que o partido vê com bons olhos a entrada de Fernando Henrique na disputa eleitoral, ao avaliar que ele puxaria para baixo os votos a Geraldo Alckmin.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu