Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Líder do governo descarta veto a reajuste do salário mínimo


Adriana Vasconcelos - Agência O Globo BRASÍLIA - O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), descartou nesta terça-feira a possibilidade de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetar o reajuste do salário mínimo para R$ 375, valor aprovado nesta na Comissão Mista de Orçamento do Senado. Segundo Jucá, se faltar dinheiro no Orçamento, o corte será feito em outra área. - Não tem como regredir. É importante dar um ganho real ao salário mínimo. Se as contas do relator fecharem, não tem problema. Agora, se tiver que ter um corte, não será no salário mínimo porque a política do governo Lula é de recuperação do salário mínimo - disse Jucá. O relatório setorial do senador Leomar Quintanilha (PCdoB-TO) garantiu dinheiro para que o salário mínimo seja elevado em abril de R$ 350 para R$ 375, ignorando a pretensão da equipe econômica de subir o mínimo para um valor menor, de R$ 367.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu