Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Justiça transfere espaços da Varig para a Infraero


Erica Ribeiro - Agência O Globo RIO - O Juiz Luiz Roberto Ayoub 1ª Vara Empresarial do Rio determinou que alguns espaços da Varig nos aeroportos sejam devolvidos à Infraero. O uso dos espaços foi autorizado por 60 dias e, de acordo com despacho de Ayoub, que é o juiz responsável pelo caso Varig, eles poderão ser devolvidos antes do prazo, se a empresa necessitar as áreas para operação de seus vôos. Em sua decisão, o juiz descartou a possibilidade de qualquer alteração no layout do espaço, ou seja, nos balcões de check-in da Varig somente poderá ser colocado um banner pequeno da Infraero, sem qualquer descaracterização ao domínio da companhia. Ayoub reafirmou, em sua decisão, que não será permitida, em nenhuma hipótese, a divulgação de qualquer empresa aérea nos locais destinados à VRG. Caso, haja descumprimento da decisão judicial, os espaços de check-in serão devolvidos imediatamente para a VRG.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu