Porto Velho (RO) quarta-feira, 15 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Justiça determina que Legacy fique retido no Brasil


Evandro Éboli - Agência O Globo BRASÍLIA - O desembargador João Mariosi, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, concedeu, nesta noite, liminar que determina a retenção no Brasil do avião Legacy, envolvido no acidente com o Boeing da Gol. Os advogados decidiram recorrer ao TJ depois que a juíza Ana Maria Catarino, da 3ª Vara Cível do Distrito Federal, negou a liminar por falta do atestado de óbito de uma das vítimas. A ação foi impetrada por Bernardo da Silva Campos, que perdeu a mulher, Patrícia de Souza, no acidente. Ele mora em Brasília. Segundo o advogado Marcelo Moura, a iniciativa visa a garantir, no futuro, caso a empresa ExcelAir seja considerada culpada pelo acidente, o pagamento das indenizações aos familiares das vítimas. - Prevaleceu o bom senso. E essa decisão irá beneficiar, solidariamente, a todos os familiares das outras 153 vítimas da tragédia - disse Marcelo Moura.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu