Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Juro para consumidor cai ao menor nível desde 95


Agência O GloboSÃO PAULO e RIO. As taxas médias de juros de todas as operações de crédito, para pessoa física e também para empresas, continuaram em queda em dezembro. Pesquisa da Anefac (associação que reúne executivos de finanças), mostra que, para o consumidor, a taxa média dos financiamentos recuou de 7,48% ao mês (ou 137,65% ao ano) em novembro, para 7,40% mensais em dezembro (135,53% ao ano). É o menor patamar desde 1995, quando o levantamento começou a ser feito.Entre as modalidades de crédito a pessoas físicas, a maior queda foi nos empréstimos pessoais em financeiras, de 0,13 ponto percentual, para 11,43% ao mês (266,46% ao ano).Nas operações de crédito às empresas, a taxa média geral caiu de 4,25% ao mês (64,78% ao ano) para 4,19% ao mês (63,65% ao ano) - o menor patamar desde dezembro de 2001, segundo a Anefac.No mercado financeiro, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 0,69% ontem, pressionada pelas ações da Petrobras, que recuaram 2,17%, devido às novas baixas nos preços do petróleo. O barril do tipo leve americano caiu 3,36% e terminou o dia a US$ 51,21. O dólar teve ligeiro recuo de 0,05%, cotado a R$ 2,141.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul