Quinta-feira, 18 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Juízes se presenteiam com benefício


Juízes capixabas se presenteiam com benefício (Agência O Globo) VITÓRIA - Uma liminar, expedida em junho deste ano, autoriza o presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Jorge Góes Coutinho, a pagar as chamadas férias-prêmios a juízes e desembargadores capixabas. O benefício de férias por um período de seis meses é concedido a todos os magistrados que completam dez anos de atividade. Isto significa que cada membro do Poder Judiciário beneficiado com a decisão poderá ter direito, de uma só vez ou de forma parcelada, a um montante de até R$ 132 mil a mais no contracheque, se o cálculo for feito com base no salário máximo que é pago hoje a um desembargador - R$ 22.111,25. Já o menor prêmio poderá ser pago a um juiz substituto ou de primeira entrância, que ganha R$ 12.855,00 por mês. Neste caso, o juiz receberia R$ 77.132,88 a título de férias-prêmio. No entendimento de juristas consultados pela rádio CBN Vitória, esta ação não poderia tramitar na Justiça capixaba, pelo simples fato do pedido beneficiar, direta ou indiretamente, a todos os magistrados do Espírito Santo. Para os especialistas, o Tribunal de Justiça não seria o fórum adequado. Caberia ao Supremo Tribunal Federal, conforme prevê a Constituição Federal em seu artigo 102, que prevê que o STF julgue ações que beneficiem direta ou inderetamente magistrados estaduais. Através de sua assessoria de imprensa, o presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, desembargador Jorge Góes Coutinho informou que, por força de decisão judicial o tribunal estaria obrigado a pagar as férias-prêmios. O órgão garantiu também que após ser notificado da liminar, avisou ao governo do estado, que recorreu da decisão. Mas no entendimento do Tribunal de Justiça, embora o Estado tenha recorrido da decisão, a liminar expedida em primeira instância continua válida até julgamento do recurso.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 18 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quinta-feira, 18 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)