Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Investigação do dossiê contra tucanos teria começado na Funasa


Agência O GloboBRASÍLIA - As investigações sobre as negociações de um suposto dossiê que ligaria os candidatos tucanos à máfia das ambulâncias nasceram de um inquérito sobre fraudes na Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Mato Grosso. De acordo com reportagem publicada no jornal "O Globo" deste domingo,em uma das gravações do inquérito para apurar denúncia surgida numa briga de petistas por cargos da Funasa, a PF teria flagrado Luiz Antônio Vedoin, Hamilton, Expedito e Bargas negociando documentos e informações que pudessem incriminar Serra. (Conheça os personagens envolvidos)Ainda segundo a reportagem, a Polícia Federal estaria impressionada com a repercussão do caso, que já derrubou desde o deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) do comando da campanha de Lula à reeleição, até Hamilton Lacerda da coordenação de comunicação da equipe de Aloizio Mercadante, candidato do PT ao governo de São Paulo. A PF só teria percebido a dimensão política do caso após a prisão em São Paulo do empresário Valdebran Padilha e o policial aposentado Gedimar Passos, ambos ligados ao PT.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a