Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

INSS suspende pagamento de 35 mil segurados


Agência O GloboSÃO PAULO - O Ministério da Previdência deixou de pagar benefícios neste mês para 35.155 segurados. São aposentados e pensionistas convocados para a primeira fase do recadastramento que, desde 2005, não procuraram as agências bancárias para atualizar seus dados cadastrais. Em São Paulo, são 6.080 segurados.Segundo a Previdência, os aposentados foram comunicados que eram obrigados a fazer o recadastramento por carta. As correspondências, no entanto, não foram entregues, pois os endereços estavam errados ou eram inexistentes. Os nomes dos segurados ainda foram incluídos em editais de convocação e mesmo assim não responderam ao censo.O primeiro edital de suspensão, com 27.677 benefícios suspensos, foi publicado em 7 de julho. O último edital de cancelamento foi divulgado em 21 de julho. São 7.438 aposentadorias e pensões que deixaram de ser pagas. Esses beneficiários só recebem o pagamento se fizerem o censo em uma agência do banco onde recebem. O edital com os nomes dos segurados com benefício suspenso está disponível no site da Previdência (www.previdencia.gov.br).

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que