Porto Velho (RO) quarta-feira, 4 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Indústria alerta para falsificação de medicamentos



O presidente da Federação da Indústria Farmacêutica (Febrafarma), Ciro Mortella, afirmou que essa indústria se engajará voluntariamente ao fracionamento, desde que este venha acompanhado de normas que evitem os riscos sanitários e a automedicação irresponsável, garantam a rastreabilidade dos produtos e inibam a falsificação e a sonegação. "Existe um problema mundial de falsificação de medicamentos", ressaltou. "A indústria vai fabricar o que for demandado pela sociedade", acrescentou o presidente da Febrafarma.

Aumento de custo

Segundo Mortella, o fracionamento de medicamentos poderá levar, possivelmente, a um aumento de custo, considerando essa possibilidade de rastreamento dos remédios para evitar a falsificação.

O dirigente participa de audiência pública para discutir o impasse entre a posologia dos medicamentos e sua comercialização, promovida pela Comissão de Defesa do Consumidor.

Fonte: Agência Câmara

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu