Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Índios se dizem ameaçados e prontos para recorrer a cortes internacionais



Marco Antônio Soalheiro
Agência Brasil

Brasília - A 14 dias do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) de ações que contestam a demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol em área contínua, índios de Roraima disseram ontem, (12) que são constantemente ameaçados pelos agricultores brancos que permanecem na área de 1,7 milhão de hectares e prometeram recorrer a tribunais internacionais caso a decisão do STF não lhes agrade.

“Nós estamos preocupados pelo invasor que lá se encontra, pois continuam as ameaças, dizendo que vão levar 300 pistoleiros e não vão sair barato de lá. Queremos que as pessoas saiam pacificamente e que a gente fique com a nossa terra”, afirmou o coordenador geral do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Dionito José de Souza, que acompanhou audiência pública provida pela Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados sobre o tema.

“Vamos buscar os nossos direitos onde eles estiverem e colocar para o mundo inteiro saber que existem ali povos indígenas e cidadãos brasileiros”, acrescentou o líder indígena.

A posição defendida pelos índios foi amparada durante a audiência por declarações da procuradora da República Déborah Duprat. Ela ressaltou que se o STF mudar o tamanho da área demarcada da Terra Indígena Raposa Serra do Sol (RR) cometerá um ato passível de denúncia em cortes internacionais de direitos humanos.

Outro coordenador do CIR, o macuxi Dejacir de Souza, disse que de 1981 a 2008 os índios de Raposa Serra do Sol foram vítimas de 21 homicídios e 86 ameaças de morte provocadas pela disputa por terras.

 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç