Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Índios ameaçam e Vale diz que não vai tolerar novas invasões


Erica Ribeiro - Agência O GloboRIO - O diretor-executivo de assuntos corporativos da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), Tito Martins, disse nesta terça-feira que a empresa não vai tolerar novas invasões como as que ocorreram no último dia 17 em Carajás, no Pará, pelas comunidades indígenas Xikrin. Segundo ele, a empresa está se tornando um objeto de chantagem entre os índios pelo fato de ser uma companhia que está crescendo.Segundo Martins, os índios prometeram uma nova invasão às instalações da companhia em Carajás. O executivo não descarta pedir ajuda policial. Segundo ele, o problema agora deixou de ser humanitário para se tornar um caso de polícia.- Estamos cumprindo nosso papel e não vamos tolerar essa chantagem e ter o direito tolhido por essa invasão - disse Martins.As comunidade Xikrin recebiam uma ajuda financeira anual de R$ 9 milhões, oficialmente suspensa nesta terça-feira após reunião em Brasília entre índios, a Funai, o Ministério Público Federal e representantes da Vale.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a