Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Impasse sobre juros adia divulgação de pacote habitacional


Luís Alfredo Dolci - Agência O Globo- Quem vai determinar quais serão as taxas será o próprio mercado imobiliário - afirma o diretor-geral da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Osvaldo Correa Fonseca. Hoje, a TR é usada na correção dos contratos e está em 2,5% ao ano. A idéia do Governo é permitir que os bancos criem linhas de financiamento com parcelas fixas, sem a TR. Pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), a taxa máxima a ser cobrada é de 12% ao ano.Ainda há dúvidas também sobre o crédito consignado para o financiamento da casa própria. Os bancos querem mais garantias na concessão desta linha, em que as parcelas são descontadas em folha de pagamento.- O fato de estar empregado não é sinônimo de garantia da operação - disse uma fonte do setor.Além das mudanças no setor habitacional, o Governo prepara outras medidas para estimular a concorrência entre os bancos. O objetivo é permitir a redução do spread bancário - a diferença entre os juros que o banco cobra ao emprestar e a taxa que ele mesmo paga ao captar dinheiro. Entre as novidades está prevista a conta-salário obrigatória: o trabalhador não teria mais de abrir uma conta corrente no banco em que a empresa deposita o salário. Está em discussão a criação do chamado DOC reverso, que permite ao empregado transferir todo o salário recebido em um banco para outro de sua preferência, sem a cobrança de tarifa, mas com incidência de CPMF.O Governo deverá aprovar, ainda, a redução da contribuição dos bancos ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC), criado na década de 90 para garantir que os clientes das instituições sejam ressarcidos em caso de falência.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul