Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Igreja condena resolução do Conselho Federal de Medicina


O Conselho Federal de Medicina editou resolução em defesa do uso da chamada “pílula do dia seguinte” - medicamento controlado e usado como contraceptivo. A medida despertou a ira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que repudiou a decisão.

Segundo dom Antônio Augusto, da Comissão Pastoral da Família, a medida abre precedentes para a legalização do aborto e incentiva a extração do feto. Na visão da Igreja Católica, o medicamento é abortivo.

O conselho diz que a pílula não é abortiva. “No conceito religioso, a pílula é abortiva porque, segundo os padres, a vida começa antes da fecundação. Para a medicina não, começa depois”, diz conselheiro Geraldo Guedes.

Fonte: ANDI - (Correio Braziliense – DF, Ullisses Campbell)

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di