Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Heloísa Helena: 'Parlamento é corrupto quando o presidente corrompe o país'


Agência O Globo SÃO PAULO - A candidata à presidência da República Heloísa Helena (PSOL) foi entrevistada pelo programa Opinião Nacional, da TV Cultura, exibido nesta quinta-feira. A senadora comentou a crise de credibilidade no legislativo, com os escândalos do mensalão e da máfia dos sanguessugas, propondo um novo modelo de elaboração do orçamento. - O Parlamento é corrupto quando o presidente da República e a estrutura do Executivo corrompem o país. O mais doloroso como parlamentar é ter a sensação, não tenho provas, de que mensaleiros e sanguessugas são os pequenos. Os grandes gabirus mexem com grandes obras, com milhões e bilhões na execução orçamentária. Para diminuir os riscos de crimes contra a administração pública precisamos de um novo modelo de elaboração do orçamento, com a discussão com a sociedade. Espero ter a oportunidade de criar um novo modelo de transparência para administração pública, diminuindo os riscos da corrupção. Heloísa Helena foi questionada sobre como seria um eventual governo socialista no Brasil com a manutenção da democracia representativa. - Fizemos questão de introduzir no socialismo a palavra liberdade. Justamente para dizer que nós não somos herdeiros de nenhuma experiência totalitária. Nós não temos democracia. Nossas crianças pobres estão sendo aniquiladas pelo tráfico. Ganhar o governo e fazer o socialismo, seria impossível, seria uma fraude intelectual. É possível construir um novo modelo de desenvolvimento econômico. Não se instala socialismo por decreto. Queremos a democratização do Estado brasileiro. A riqueza do Brasil tem que ser partilhada com todos os que produzem. Sobre a questão da falta de segurança, a candidata propõe o combate ao crime organizado e políticas sociais para diminuir os riscos de crianças e jovens serem levadas para a marginalidade. - Política social significa escola, cultura, educação, capacitação profissional, esporte, e inserção no mercado de trabalho e ao mesmo tempo temos que ter uma repressão implacável ao crime organizado. Desde o monitoramento das fronteiras brasileiras, com a Polícia Federal e as Forças Armadas, até a fiscalização dos laboratórios nacionais que produzem os insumos químicos que voltam para os países produtores para o refino da cocaína. Heloísa Helena também criticou a atuação do PT e do PSDB na área de segurança pública. - Os dois partidos teriam que reconhecer a irresponsabilidade e a insensibilidade de 12 anos de governo. O presidente Lula teria que sair desse debate eleitoreiro em relação a São Paulo. Há dois anos e meio, todos os secretários de segurança pública do Brasil entregaram um diagnóstico do sistema prisional e dos aparatos de segurança com as alternativas concretas a curto prazo que eram necessárias ser feitas. O sistema prisional brasileiro tem que ter ao mesmo tempo a flexibilidade das penas para os pequenos delitos e a repressão implacável para os chefes do crime organizado.

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quarta-feira, 29 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)