Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Hélio Costa admite ficar no ministério, caso seja convidado


Mônica Tavares - Agência O GloboBRASÍLIA - A sua permanência no cargo de ministro das Comunicações, segundo Hélio Costa, depende de decisão da liderança do seu partido, o PMDB. Mas ele disse que, sendo convidado, aceitaria ficar.O ministro afirmou ainda que o presidente Lula já deu um recado "bem claro" que este não é o momento de se falar mais na reforma ministerial.- Mas, antes do meu partido, tem a decisão do presidente da República. Cabe a ele. Se ele me pedir para continuar, eu acho que eu posso considerar, sim, pelo menos por mais um ano, porque eu acho que a implementação desse sistema de internet banda larga é muito importante. Mas estou aqui apenas cumprindo uma missão - disse Costa.O ministro contou ainda que está no cargo a convite do presidente e do PMDB. Ele tem conversado com vários companheiros de partido, mas "não tenho tido nenhuma informação se fico ou se saio, porque não é o momento".

Mais Sobre Política - Nacional

Amigos de balada da faculdade são empregados por assessor de Bruno Covas

Amigos de balada da faculdade são empregados por assessor de Bruno Covas

 247 – Secretário-executivo de Bruno Covas, Gustavo Garcia Pires empregou um amigo de ‘balada’ e cinco colegas de turma de faculdade na prefeitura de

Bancos terão expediente hoje na parte da tarde

Bancos terão expediente hoje na parte da tarde

Horário foi alterado por causa do jogo da seleção às 9h

Cristiane Lopes vota favorável a auxílio fardamento para servidores do SAMU

Cristiane Lopes vota favorável a auxílio fardamento para servidores do SAMU

Para Cristiane Lopes, é muito gratificante fazer parte dessa conquista dos servidores do SAMU

 Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Cerca de 3 mil aposentados e pensionistas, além de 800 servidores que passaram em concurso antes da mudança de território em Rondônia serão inclusos n