Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Hélio Costa admite ficar no ministério, caso seja convidado


Mônica Tavares - Agência O GloboBRASÍLIA - A sua permanência no cargo de ministro das Comunicações, segundo Hélio Costa, depende de decisão da liderança do seu partido, o PMDB. Mas ele disse que, sendo convidado, aceitaria ficar.O ministro afirmou ainda que o presidente Lula já deu um recado "bem claro" que este não é o momento de se falar mais na reforma ministerial.- Mas, antes do meu partido, tem a decisão do presidente da República. Cabe a ele. Se ele me pedir para continuar, eu acho que eu posso considerar, sim, pelo menos por mais um ano, porque eu acho que a implementação desse sistema de internet banda larga é muito importante. Mas estou aqui apenas cumprindo uma missão - disse Costa.O ministro contou ainda que está no cargo a convite do presidente e do PMDB. Ele tem conversado com vários companheiros de partido, mas "não tenho tido nenhuma informação se fico ou se saio, porque não é o momento".

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que