Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Hadda visitou Lula, entrou mudo e saiu calado.


Hadda visitou Lula, entrou mudo e saiu calado. - Gente de Opinião

HADDAD NÃO ASSUMIRÁ CARGOS NO PT

Fernando Haddad entrou mudo e saiu calado de seu encontro de mais de duas horas com o ex-presidente Lula em Curitiba nesta quarta (7). Segundo a colunista Mônica Bergamo, que nos últimos meses mostrou-se muito bem informada sobre os bastidores do PT, um dos temas do encontro foi o futuro de Haddad: "Fernando Haddad não assumirá cargo no PT —nem mesmo na Fundação Perseu Abramo, como era cogitado. Ele combinou com Lula que seguirá na política, mas fora das estruturas partidárias".

O que significa a decisão de Haddad? Confirmada a notícia, qual será o papel do ex-candidato do PT, que recebeu 47 milhões de votos nas eleições. Dava-se como certo que ele assumiria a presidência da Fundação Perseu Abramo. A única certeza neste momento é que ele retomará suas aulas no Insper, uma escola de negócios da elite paulistana.

Nesta quinta, Lula recebe as visitas do deputado e líder da bancada do PT na Câmara, Paulo Pimenta, e de Guilherme Boulos. Depois do encontro, ambos irão conversar com a imprensa em frente à superintendência da Polícia Federal de Curitiba, como é de praxe. Haddad rompeu a praxe.

Há uma interrogação sobre o futuro de Haddad. Dos principais candidatos derrotados nas eleições, ele é o único que está em silêncio, sem movimentar-se publicamente. Ciro, Boulos e Marina estão em plena atividade, articulando projetos de oposição a Bolsonaro. Houve uma proposta de segmentos do PT para Haddad iniciar caravanas pelo país, numa versão reduzida do que fez Lula entre 1993-1996 e recentemente entre 2017 e 2018, até sua prisão em abril, mas o assunto não teve seguimento.

Nesta quinta, Lula recebe as visitas do deputado e líder da bancada do PT na Câmara, Paulo Pimenta, e de Guilherme Boulos. Depois do encontro, ambos irão conversar com a imprensa em frente à superintendência da Polícia Federal de Curitiba, como é de praxe. Haddad rompeu a praxe e foi embora sem falar com a imprensa ou com os militantes do Acampamento Marisa Letícia, vigília permanente de solidariedade a Lula. Desde o domingo, 4 de novembro, uma semana depois da eleição, Haddad emudeceu nas redes sociais. No Facebook, deixou de estar ativo desde 31 de outubro e, no dia 4, apenas atualizou sua foto de perfil; no Twitter,  nada. 

Haddad está quieto.

Mais Sobre Política - Nacional

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p