Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Grito dos Excluídos reúne diferentes movimentos sociais em Brasília


Agência O GloboBRASÍLIA - A edição deste ano do Grito dos Excluídos na capital federal protestou contra a desigualdade, a corrupção na política e o modelo econômico. O lema em 2006 é "Brasil: na força da indignação, sementes de transformação". Segundo a organização, cerca de mil pessoas integram o ato. A Polícia Militar estima em 500 o número de manifestantes.O protesto é realizado simultaneamente ao desfile de Sete de Setembro na Esplanada dos Ministérios. O objetivo é terminar o manifesto no mesmo local onde aconteceu o desfile. A manifestação tem a participação de muitas crianças e idosos, além de diversos representantes da sociedade civil organizada como Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB) e até um grupo de estudantes vestidos de palhaços que são integrantes do Movimento Passe-Livre.Entre as faixas, palavras de ordem como "Só se comemora independência com justiça social" ou "Água e energia não são mercadoria", em referência à campanha contra os preços altos da energia elétrica. Um grupo de trabalhadores também pede o direito de emplacar carroças para trabalharem regularmente nas ruas do Distrito Federal.De acordo com a organização, um dos objetivos do protesto em Brasília é desconstruir o que, segundo eles, é a falsa imagem do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), calculado pela ONU no Distrito Federal, e que é considerado um dos melhores do país. Segundo os organizadores, a situação esconde a coexistência de um mundo de desigualdade e exclusão social nas cidades satélites.

Mais Sobre Política - Nacional

Desproteção ao trabalhador faz ações trabalhistas despencarem

Desproteção ao trabalhador faz ações trabalhistas despencarem

O número de ações trabalhistas pendentes de julgamento despencou após seis meses de reforma trabalhista; até maio deste ano, as varas de todo o país t

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel