Porto Velho (RO) sexta-feira, 30 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Greve no Ibama só não começa se governo retroceder, afirma presidente de associação


Yara Aquino
Agência Brasil

Brasília - A condição para que os servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) suspendam a greve marcada para começar nesta segunda-feira (14) em todo o país é que o governo retire a Medida Provisória 366 que divide o órgão em dois. A informação é do presidente nacional da Associação dos Servidores do Ibama (Asibama), Jonas Corrêa. “[O governo] retira a medida e sentamos para discutir”, afirma.

Durante toda a semana os servidores do Instituto estarão no Congresso Nacional mobilizando os parlamentares contra a aprovação da medida. Eles pretendem, segundo Corrêa, se manifestar em todos os compromissos públicos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

Os trabalhadores do Ibama têm se posicionado contrariamente à divisão prevista na medida provisória que determina que a gestão das unidades de conservação e dos centros de pesquisa será de competência do recém-criado Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. A concessão de licenças ambientais ficaria com o Ibama.

Segundo a assessoria de imprensa do Ibama, o órgão mantém as portas abertas para o diálogo e, na época da reestruturação do órgão e criação do Instituto Chico Mendes, a ministra Marina Silva teria proposto aos servidores a criação de um grupo de trabalho para discutir o aperfeiçoamento da medida provisória. De acordo com a assessoria, os servidores se negaram a criar o grupo.

Corrêa afirma que “somos contra a divisão do Ibama, não podemos participar da estruturação do Chico Mendes e do Serviço Florestal porque somos contra isso. Se eles quisessem discutir a reestruturação da gestão ambiental, não tinham que ter encaminhado a medida provisória”.

Com a greve do Ibama ficam paralisadas atividades como concessão de licenças ambientais e licenças dadas para os produtos naturais que são exportados e importados. Ficam garantidos a fiscalização dos parques e combate a incêndios, por exemplo.

 

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu