Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Grandes empresas gastam menos energia para lucrar mais


Agência O GloboRIO - A maioria das grandes companhias apresenta índices de eficiência razoáveis no aproveitamento de energia, desperdiçando menos que pequenas empresas, porque sabem que isso representa retorno financeiro, avalia o chefe da Divisão de Planejamento e Conservação de Energia da Eletrobrás, Hamilton Pollis.Segundo ele, outro fator que contribui para o bom aproveitamento é uma linha de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas de serviços de conservação de energia, além de programas de crédito para a indústria em geral.O crédito vale para investimentos em saneamento ambiental (aterros sanitários, projetos de água e esgoto), redução do uso de energia e materiais por unidade de produto ou serviço, recuperação e conservação de ecossistemas e biodiversidade, planejamento e gestão ambiental, recuperação de passivos ambientais.Pollis salienta, também, a existência de outras linhas disponíveis no mercado com o objetivo de reduzir o desperdício de energia. E cita o caso do financiamento à aquisição de sistemas de aquecimento solar em vários bancos, entre os quais a Caixa Econômica Federal.Comparando o Brasil com outros países em desenvolvimento e nações industrializadas, Hamilton Pollis diz que "não está tão bem como a gente gostaria, nem tão mal como a gente imagina às vezes".O funcionário da Eletrobrás acha difícil comparar os índices de conservação de energia no Brasil e no exterior, porque, em muitos países, o perfil de consumo per capita é diferente e o clima frio exige uso maior de energia.De acordo com dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, o consumo per capita residencial no Brasil é de 141,9 quilowatts/hora (KWh) por mês, bastante inferior ao de países industrializados, onde a média beira os 300 KWh por mês.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que