Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo vai construir muro debaixo da Ponte da Amizade


Agência O Globo RIO - A Receita Federal inicia a nova etapa da reforma que pretende dificultar o contrabando de mercadorias na fronteira do Brasil com o Paraguai. Um muro de aço e concreto vai ser erguido debaixo da Ponte da Amizade. A muralha terá mais de um quilômetro de extensão e uma tela metálica que vai isolar toda essa área até a margem do rio. A segunda etapa da reforma da alfândega brasileira na Ponte da Amizade vai custar R$ 5,5 milhões. Na primeira etapa da reformulação da aduana, que ficou pronta há seis meses, foram gastos R$ 7,5 milhões. A Receita Federal criou um sistema para controlar tudo o que entra no país vindo do Paraguai. Mas o investimento em prédios, equipamentos e pessoal não foi suficiente para evitar que os contrabandistas encontrassem um jeito de driblar a fiscalização. Em vários locais, eles romperam a grade de proteção que fica nas laterais da ponte. Com isso, uma velha cena passou a se repetir com freqüência. Para escapar dos fiscais, eles arremessam as mercadorias. Na beira do Rio Paraná, livre de qualquer controle, carregadores usam trilhas abertas no meio da vegetação para trazer ilegalmente mercadorias do Paraguai. A Receita promete enfrentar a estratégia para furar o bloqueio fiscal, com uma medida drástica. Debaixo da ponte, a Receita Federal vai erguer uma gigantesca barreira anti-contrabando. O muro vai ser semelhante aos que são usados para cercar presídios, com arames cortantes para impedir a passagem de qualquer pessoa. - A única alternativa é fechar aquela área e impedir que as mercadorias passem por ali - disse Christiane Larscher, da Receita Federal.

Mais Sobre Política - Nacional

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu

Jair Bolsonaro envia projeto que regulamenta exploração de terras indígenas

Jair Bolsonaro envia projeto que regulamenta exploração de terras indígenas

O presidente Jair Bolsonaro apresentou nesta quarta-feira (5) um projeto de lei (PL) para regulamentar a exploração de atividades econômicas em terras

Carta aberta ao Congresso Nacional pelas aprovações da PEC nº 108 de 2019ª

Carta aberta ao Congresso Nacional pelas aprovações da PEC nº 108 de 2019ª

Nos últimos anos voltou à tona a discussão sobre o excesso de regulamentação profissional no Brasil, numa   verdadeira afronta ao disposto no art. 5º,