Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo vai construir muro debaixo da Ponte da Amizade


Agência O GloboRIO - A Receita Federal inicia a nova etapa da reforma que pretende dificultar o contrabando de mercadorias na fronteira do Brasil com o Paraguai. Um muro de aço e concreto vai ser erguido debaixo da Ponte da Amizade. A muralha terá mais de um quilômetro de extensão e uma tela metálica que vai isolar toda essa área até a margem do rio.A segunda etapa da reforma da alfândega brasileira na Ponte da Amizade vai custar R$ 5,5 milhões. Na primeira etapa da reformulação da aduana, que ficou pronta há seis meses, foram gastos R$ 7,5 milhões. A Receita Federal criou um sistema para controlar tudo o que entra no país vindo do Paraguai. Mas o investimento em prédios, equipamentos e pessoal não foi suficiente para evitar que os contrabandistas encontrassem um jeito de driblar a fiscalização. Em vários locais, eles romperam a grade de proteção que fica nas laterais da ponte. Com isso, uma velha cena passou a se repetir com freqüência.Para escapar dos fiscais, eles arremessam as mercadorias. Na beira do Rio Paraná, livre de qualquer controle, carregadores usam trilhas abertas no meio da vegetação para trazer ilegalmente mercadorias do Paraguai. A Receita promete enfrentar a estratégia para furar o bloqueio fiscal, com uma medida drástica.Debaixo da ponte, a Receita Federal vai erguer uma gigantesca barreira anti-contrabando. O muro vai ser semelhante aos que são usados para cercar presídios, com arames cortantes para impedir a passagem de qualquer pessoa.- A única alternativa é fechar aquela área e impedir que as mercadorias passem por ali - disse Christiane Larscher, da Receita Federal.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...