Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo pode proibir greve de servidores em setores essenciais


Chico de Gois - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse nesta sexta-feira que o governo pretende regulamentar o direito de greve dos servidores, e deixou claro que alguns setores poderão ser proibidos de paralisar as atividades.- Temos de preservar os direitos dos servidores, mas também o direito da sociedade. Em alguns serviços, a greve tem que ser proibida - afirmou, sem, no entanto especificar em que áreas isso poderia ser feito.O ministro frisou que a Constituição garante o direito de greve aos servidores, mas prevê que esse direito será regulamentado em lei complementar. Bernardo disse que a regulamentação não deve permitir paralisações em "setores essenciais à população''.- A lei é para impor limites - afirmou.Bernardo, que participou de uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio da Alvorada, afirmou que na próxima terça-feira irá conversar com as entidades sindicais para estabelecer um calendário de negociação. O ministro também disse que conversou com Lula a respeito dos cerca de 5 mil servidores que foram demitidos no governo Collor e que ganharam o direito de ser readmitidos. Segundo o ministro, esses servidores teriam direito de voltar às suas funções de origem, mas essa readmissão deverá centralizada no Ministério do planejamento, que avaliará as áreas onde mais é necessária mão-de-obra.Paulo Bernardo informou que a regulamentação do direito de greve do setor público será discutida para que o governo possa revalidar a Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que trata desse tema.Lula recomendou ao ministro que reúna a mesa de negociação permanente com os servidores federais, para tratar de uma política de recursos humanos para os próximos quatro anos. Criada em 2004, a mesa tem negociado com o governo os reajustes anuais dos servidores. O Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) limitou o crescimento real das despesas da União com funcionalismo a 1,5% ao ano.O ministro disse que vai procurar as centrais sindicais para "estabelecer um calendário de negociações'' e que o governo deve se relacionar com os servidores "de forma respeitosa'' para ''minimizar conflitos.''

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul