Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo derruba reajuste de 16,67% para aposentados


Agência O Globo BRASÍLIA - Depois de meses de polêmica, o governo conseguiu finalmente barrar o reajuste de 16,67% para os aposentados que ganham acima de um salário-mínimo. Ontem, o Senado aprovou a Medida Provisória que aumenta em 5,01% os benefícios superiores a R$ 350.A oposição tentou elevar o índice de reajuste para 16,67% - o mesmo usado para aumentar o salário-mínimo e as aposentadorias de igual valor em abril. No entanto, a emenda foi rejeitada por 30 a 22 votos.Em agosto, o Congresso aprovou o aumento maior para os aposentados que ganham acima do mínimo. No entanto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetou o reajuste de 16,67%. Os cálculos do governo mostravam que o índice maior teria um impacto de R$ 7,7 bilhões nas contas da Previdência.Por causa do veto, a MP que reajustava as aposentadorias em 5% perdeu validade - e obrigou o governo a editar uma outra medida. Agora, oito meses depois do reajuste anunciado, o Congresso finalmente aprovou os 5,01% propostos.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni