Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo decide aumentar mistura de álcool na gasolina para 23%


Eliane Oliveira - Agência O Globo BRASÍLIA - O governo decidiu aumentar de 20% para 23% a mistura do álcool anidro à gasolina. O novo percentual deverá começar a vigorar até o final de novembro e foi decidido depois de negociaçõe com o setor sucro-alcooleiro, que pedia que a mistura aumentasse para 25%.Segundo fontes do governo que estão à frente do tema, a elevação da parcela de álcool anidro na gasolina tem por objetivo evitar uma perda significativa da renda do setor, tendo em vista que existe uma super oferta de álcool no mercado brasileiro de 5,1 bilhões de litros. A decisaão teria sido tomada na na manhã desta terça-feira em uma reunião entre a ministra Dilma Roussef (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda), Silas Rondeau (Minas e Energia) e Luiz Carlos Guedes Pinto (Agricultura).Com o aumento da mistura, as usinas poderão produzir menos álcool hidratado, usado principalmente nos automóveis movidos a álcool.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que