Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo começa a discutir Angra 3 após as eleições, diz Dilma Rousseff


Agência O GloboRIO - Logo após as eleições, se o presidente Luiz Inácio Lula da Silva for reeleito, a construção da usina nuclear de Angra 3 deve entrar na pauta de discussões do governo. Em entrevista ao jornal "Valor Econômico, a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou que a expansão da geração de energia nuclear no país não só com a usina de Angra 3, mas com a construção de outras usinas, deverá ser discutida.- A partir de agora entra na pauta do Ministério de Minas e Energia uma discussão clara a respeito não só de Angra 3, mas de um plano de usinas nucleares - afirmou a ministra, que acrescentou que Angra 3 "não faz verão sozinha".Segundo o jornal, o assunto deve ser levado à próxima reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que ocorre uma semana após as eleições.Dilma descartou ainda a hipótese de apagão a partir de 2010, como alguns especialistas têm alertado.- Não vai haver apagão nem que a vaca tussa - afirmou a ministra, lembrando que, para os próximos cinco anos, já há energia contratada e duas hidrelétricas muito importantes em carteira: a do Rio Madeira e a de Belo.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenheiro da Petrobras denuncia roubo de meio trilhão

O Brasil está prestes a ser roubado em meio trilhão de reais por conta do projeto de lei 8939/2017...

Dodge diz que sistema prisional precisa entrar na agenda política

Segundo a procuradora-geral, o problema precisa ser enfrentado de forma coordenada e integrada por todos titulares da Ação Penal Pública, do sistema d

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Temer corta 95% das verbas de programas sociais e compromete futuro de milhões

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da