Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governo barra aumento de 16,67% aos aposentados


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O Governo conseguiu barrar no final desta terça-feira, na Câmara dos Deputados, a emenda do PFL à Medida Provisória 316/06, ou MP dos Aposentados, que concedia aumento de 16,67% aos beneficiários do INSS que ganham mais de um salário-mínimo. Por 184 votos contrários a 158 votos a favor, a emenda foi engavetada. Houve ainda 4 abstenções. A aprovação da emenda representaria uma grande derrota para o novo governo Lula.O texto-base aprovado no dia 8 garante reajuste de 5,01%, como quer o Executivo. Os partidos orientaram suas bancadas para a votação. PDT e PPS já orientaram pelo sim, enquanto PL, PTB e PT orientaram pelo voto contrário à emenda, que precisaria de 257 votos para ser aprovada.Em agosto, o Congresso havia aprovado o reajuste, vetado pelo presidente Lula sob o argumento de os cofres da Previdência não poderiam suportar uma despesa extra de R$ 12 bilhões.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que