Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Governistas querem prévia para definir nome para vaga do TCU


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - Oito candidatos disputam na quarta-feira, em votação no plenário da Câmara, o cargo vitalício de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Os deputados da base aliada que desejam o cargo tentarão realizar uma prévia para levar ao plenário o nome mais votado entre eles, mas um acordo neste sentido não deve vingar.Nos bastidores, a iniciativa vem sendo encarada como uma tentativa de referendar a candidatura do PMDB, que lança o deputado Osmar Serraglio (PR), ou do PT , com o nome de Paulo Delgado (MG). Um dos candidatos da base aliada, o petebista Luiz Antonio Fleury Filho (SP), defendeu a adoção do que chamou de "voto ponderado".- Tem que adotar o voto ponderado nesta prévia. O PMDB e o PT têm o dobro de deputados que têm o PTB e o PSB e saem em vantagem. E não há garantias de que o vencedor da prévia vença em plenário - disse Fleury, avisando:- Só topo participar se houver igualdade de chances na disputa.O líder do PMDB na Câmara, Wilson Santiago (PB), considera muito difícil um acordo neste sentido.- Ninguém quer abrir mão - disse.Somados os candidatos, a base aliada disputa com quatro nomes: além de Fleury (PTB), Delgado e Serraglio, o ex-deputado José Antonio de Almeida (PSB-MA). O PDT, que está com um pé no próximo mandato de Lula, concorre com Ademir Camilo (MG). A oposição tem dois candidatos: Aroldo Cedraz (PFL-BA), e Gonzaga Motta (PSDB-CE). O oitavo candidato é o secretário-geral da Mesa, Mozart Vianna, funcionário de carreira da Casa indicado pelo PSOL e pelo PSC.O cargo é vitalício e o salário mensal, de R$ 23 mil ( bem maior do que o de deputado) mais o direito a carro com motorista. Por isso, a vaga atrai tantas atenções. Dos oito concorrentes, quatro são deputados que não conseguiram se eleger: Delgado, Cedraz, Fleury e Gonzaga Motta. A eleição é secreta e vence aquele que obtiver maioria simples, com pelo menos 257 deputados presentes.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di