Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Garibaldi nega existir acordo entre PMDB e PT para presidir Senado e Câmara


 

Priscilla Mazenotti
Agência Brasil


Brasília - O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), disse hoje (22) que não foi firmado acordo para garantir que PMDB e PT se alternassem na presidência do Senado e da Câmara. "Não houve reconhecimento de acordo e em hora nenhuma ele prosperou", disse.

A declaração se deve à polêmica sobre a possiblidade de o PMDB presidir as duas Casas do Congresso Nacional: na Câmara, com Michel Temer, e no Senado, com José Sarney. O PT alega que houve o acordo há dois anos na Câmara, quando o atual presidente, Arlindo Chinalgia (SP), foi eleito. "O entendimento é de que quem tem a maior bancada, preside a Casa. As duas Casas têm uma autonomia muito grande. E foi o que se viu", disse Garibaldi.
 
Ele se encontrou hoje com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes. "Foi uma visita de cortesia e de despedida", disse.
 
Garibalidi Alves Filho deve encerrar seu mandado frente à presidência da Casa no início da próxima sessão legislativa ordinária, em 2 de fevereiro (uma segunda-feira), quando serão eleitas as duas Mesas Diretoras, antes do reinício dos trabalhos legislativos.
 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç