Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Gabrielli diz que risco da Petrobras na Bolívia está menor


Mirelle de França, Agência do GloboRIO - O presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, disse nesta terça-feira que a estatal não terá prejuízo com o novo contrato fechado com a Bolívia - que envolve a operação de exploração e gás - no último final de semana. Ele explicou que, com os novos contratos, a Petrobras terá de pagar 50% no equivalente a impostos sobre o faturamento bruto.Parte dos outros 50% servirá para ressarcir os custos da estatal brasileira na operação e, o restante, será uma parcela variável de lucro excedente (que será dividido entre a Petrobras e YPFB), que depende do volume de crescimento da produção, dos investimentos realizados e da depreciação dos ativos:- A Petrobras não está perdendo dinheiro nas atividades de exploração e produção na Bolívia. Não está ganhando menos também. Está ganhando de forma diferente, porque antes ela tinha uma parcela de risco maior e, neste momento, ela tem uma parcela de risco menor, uma vez que os custos são recuperáveis.Ao comentar a negociação sobre o preço do gás, Gabrielli informou que esta discussão não tem nada a ver com o contrato que a estatal acaba de fechar com a Bolívia. A próxima reunião para discutir o assunto será dia 6 de novembro.- O contrato que acabamos de fechar, de exploração e produção, não tem relação com o contrato de venda de gás da Bolívia ao Brasil. É um contrato separado, totalmente diferente, cujas negociações ocorrem no âmbito dos termos estritos do contrato. Portanto, a posição da Petrobras neste momento é de que não há necessidade de reajustar os preços na Bolívia para este contrato de exportação, uma vez que eles acompanham os preços dos óleos combustíveis - disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A