Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Furlan diz que governo já pensa em elevar meta de exportações


Eliane Oliveira - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, disse nesta terça-feira que o governo já pensa em rever a meta de exportações para este ano dos atuais US$ 132 bilhões para US$ 134 bilhões. Segundo o ministro, tudo indica que o país já estará se aproximando da meta no mês de outubro.- Estamos tentados a subir a meta à medida em que vemos a performance para o segundo semestre. Já existe um bilhão de dolares acima do projetado - disse o ministro.Quanto às importações, Furlan disse que o governo já espera uma cifra de US$ 90 bilhões em 2006. O ministro abriu o encontro de empresários de Brasil, Índia e África do Sul, na Confederação Nacional da Indústria (CNI).No ano, a balança comercial atinge valores recordes com exportações em US$ 91,174 bilhões e importações em US$ 60,725 bilhões, o que resulta num superávit de US$ 30,449 bilhões. A corrente de comércio (exportação + importação) também acumula número histórico de US$ 151 bilhões, 18,3% maior que no mesmo período do ano passado.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que