Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Fontana: Um candidato terá que abandonar candidatura à presidência da Câmara


Agência O GloboBRASÍLIA - O líder do PT na Câmara, Henrique Fontana (RS), disse nesta segunda-feira que um dos dois candidatos à presidência da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP) ou Arlindo Chinaglia (PT-SP), terá que retirar a candidatura em um determinado momento. Fontana afirmou que irá trabalhar em conjunto com outros partidos em busca de um consenso em torno de uma candidatura única. Segundo Fontana, seria melhor que a convergência para um dos dois candidatos fosse feita o mais cedo possível, para evitar desgastes e a possibilidade de uma candidatura que ameace a vitória da base governista.- Esses dois deputados, Arlindo Chinaglia e Aldo Rebelo, demonstraram ao longo dos quatro anos do primeiro mandato do presidente Lula um enorme compromisso com o país. Ou seja, são pessoas maduras. Em um dado momento, um deles fará a leitura de que a correlação de forças pendeu mais para o outro, e então será a hora de retirar a candidatura - disse.De acordo com Fontana, o candidato que não ficar com a presidência da Câmara terá todas as condições de assumir um ministério. Por outro lado, segundo ele, a base aliada ao governo não pode partir do princípio de que os candidatos já declarados conseguirão reunir, em seus nomes, todas as vontades e pontos de vista representados na Casa.O atual presidente e candidato à reeleição, Aldo Rebelo, afirmou que novas candidaturas são legítimas. Ele conversou com o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), integrante do grupo interessado em buscar uma "terceira via", e desmentiu informações veiculadas na imprensa de que esteja trabalhando contra novas candidaturas.Aldo também considera melhor para a Câmara a eleição de um presidente que consiga reunir o apoio de todos os partidos:- Se houver uma candidatura da instituição, que reúna todos os partidos, ou a ampla maioria deles, tanto melhor. Se não houver, estará assegurada democraticamente a possibilidade de um desfecho não simplesmente legítimo, mas satisfatório para todos.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di