Porto Velho (RO) sábado, 19 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Filas diminuem em Congonhas mas ainda são grandes em Cumbica


Agência O GloboSÃO PAULO - As filas ainda são grandes no Aeroporto Internacional de Cumbica, sobretudo nos guichês da TAM. Há filas de até 200 metros, embora no início da manhã as filas atingissem um quilômetro. Dezesseis vôos estão com atraso. Os atrasos médios são de cinco horas, mas há casos em que os atrasos são superiores a doze horas.O vôo 3867, da TAM, de São Paulo a Porto Alegre, deveria sair de Cumbica às 4h30m, mas até as 12h ainda não havia saído. A TAM garante que o vôo vai acontecer ainda à tarde. Muitos passageiros da TAM, que não estão conseguindo embarcar, têm procurado do escritório da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) para registrar queixar por overbooking, mas a Anac não consegue registrar todas as reclamações, alegando que só tem dois funcionários em São Paulo para o serviço.No Aeroporto de Congonhas, a situação já é um pouco melhor do que a de ontem. As filas diminuíram e são registradas apenas na TAM. Os atrasos de vôos continuam. Um vôo da TAM que sairia às 8h para a Costa do Sauípe não havia saído até 12h, e a TAM informava que ele poderia sair às 13h.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul