Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

FH: Lula não 'é Cristo, mas o demônio e temos que expulsá-lo'


Flávio Freire - Plínio Teodoro e Márcio Falcão - Agência O GloboSÃO PAULO e BRASÍLIA - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso rebateu nesta segunda-feira à noite, no evento "Por um Brasil Decente", no Clube Espéria, em São Paulo, a imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, que no domingo se comparou a Cristo e disse que foi traído por companheiros do PT. Segundo FH, Lula não "é Cristo, mas o demônio e temos que expulsá-lo".Ao lado do candidato do PSDB a presidente, Geraldo Alckmin, e do candidato do partido a governador de São Paulo, José Serra, FH disse que o governo Lula "quando não tem mais o que roubar, rouba até aplausos do Kofi Annan na solenidade da Assembléia da ONU". FH se referia ao episódio em que o PT editou a passagem de Lula na assembléia geral da ONU na semana passada, editando como se fosse para ele os aplausos destinados a Kofi Annan, que preside a ONU.Já Alckmin disse que Lula não pode ser comparado a Cristo, mas a Judas e também não pode se comparar a Tiradentes, "porque aí ofende a nossa história".O presidente nacional do PFL, Jorge Bornhausen e o prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia, criticaram nesta segunda-feira o fato de o presidente Lula ter responsabilizado o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, pela contratação dos petistas envolvidos na negociação de um dossiê contra os tucanos. Antes de participarem do evento 'Por um Brasil Decente', no Clube Espéria, em São Paulo, os pefelistas partiram para o ataque.- Lula é o comandante destes aloprados. Quem anda com aloprado, aloprado é - disse Bornhausen, referindo-se à declaração dada por Lula na manhã desta segunda-feira a rádios populares de que os integrantes do PT que se envolveram com o dossiê são um 'bando de aloprados'.Ao lado do presidente do PFL, o prefeito Cesar Maia chamou Lula de dedo-duro.- Ele é dedo-duro. O Lula já fez isso com Delúbio (Soares), com o Silvinho (Silvio Pereira) e com José Dirceu. Ele entrega, não é solidário com seus companheiros. Isso é uma falta de caráter grave. Não ser solidário com seus companheiros é falha de caráter - disse MaiaJá o presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, disse que espera que o presidente Lula seja impedido de governar pelo voto, e não por um processo de impeachment.O candidato do PDT a presidente da República, Cristovam Buarque, também não poupou o presidente. Ele considerou como "bravata" as declarações do candidato do PT à reeleição, presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que afirmou que irá ganhar as eleições no primeiro turno em comício realizando neste domingo em Sorocaba, interior de São Paulo. Após participar do ciclo de debates com presidenciáveis promovido pelo Instituto Ethos de Responsabilidade Social, em São Paulo, Cristovam afirmou que Lula perdeu a modéstia e o respeito e está se comportando como uma espécie de "imperador metalúrgico".- Eu acho que o comportamento dele ultimamente tem sido um comportamento de monarca, de presidente com resquícios do império ainda, uma espécie de imperador metalúrgico- disse o candidato do PDT.- Não me surpreendo. É um escândalo de corrupção atrás do outro, que estão cada mais dentro do governo e dentro do Palácio da Alvorada. O presidente sempre responsabiliza alguém, que acaba assumindo, e depois ele passa a mão na cabeça. Só que agora, ele passou do limite. Estou torcendo para ter um impeachment pelo voto ou então, infelizmente, vamos ter um presidente 'sub judice' - afirmou.O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (PE), também partiu para o ataque. Para ele, o presidente Lula sofre de megalomania e esquizofrenia.- O problema da megalomania de Lula começa a se transformar em esquizofrenia. Desde o começo, ele sempre fala utilizando termos como 'desde que Cabral aqui chegou, agora chegou a Cristo. Espero que ele se contente em ser o filho de Deus - disse Freire, sobre a comparação que o presidente Lula fez de si com Jesus Cristo e Tiradentes.O presidente do PPS considerou "gravíssima" a demora da Polícia Federal em anunciar a origem do dinheiro usado para comprar o dossiê contra os tucanos José Serra e Geraldo Alckmin.- A Polícia Federal precisa tomar consciência de que esse caso tem de ser resolvido antes do primeiro turno das eleições, dadas às características que ele tem. Adiar a solução da crise do dossiê pode gerar um estelionato eleitoral com conseqüências "trágicas" para o país". Vamos ter um presidente processado e impedido, afirmou Freire.Para o deputado, a PF deve tomar consciência da "grande responsabilidade que tem nesse episódio e o ministro criminalista do governo (Márcio Thomaz Bastos) não pode ser transformar também no coveiro da República".O candidato do PDT a presidente afirmou ainda que o PDT entrará com um pedido junto ao Tribunal Superior Eleitoral ainda nesta segunda-feira solicitando informações sobre o andamento das investigações sobre o caso que envolve a negociação de um dossiê por correligionários petistas contra políticos do PSDB. Ele acusou o governo de fazer "tudo o que pode" para que a população não saiba das informações relacionadas ao caso e disse que a divulgação destas informações é necessária para que os eleitores saibam como votar no próximo domingo.- Tudo o que pode fazer para a gente saber (das informações relacionadas ao dossiê) eles não estão fazendo. Se estão fazendo tudo o que pode para saber, não estão divulgando tudo o que sabem - afirmou Cristovam.

Mais Sobre Política - Nacional

 Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Cerca de 3 mil aposentados e pensionistas, além de 800 servidores que passaram em concurso antes da mudança de território em Rondônia serão inclusos n

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

 TV 247- O programa Boa Noite 247 desta quarta-feira (20) destacou a absolvição da presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, e a política de imigr

Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,95 na cidade do Rio

A tarifa de ônibus urbano da cidade do Rio de Janeiro subiu hoje (21) de R$ 3,60 para R$ 3,95. O aumento foi autorizado na terça-feira (19) pela dese

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Medida provisória prevê retirar recursos das loterias federais para o FNSP (Fundo Nacional da Segurança Pública); quem amargará o prejuízo será o Fies