Domingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Festa sóbria para a segunda posse de Lula


Agência O Globo BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o vice José Alencar tomam posse na tarde desta segunda-feira em Brasília, em cerimônia simples, sem presidentes estrangeiros. Lula não dará posse coletiva aos ministros, que ficam na Esplanada até a reforma ministerial, no início de 2007. O presidente fará dois discursos: no Congresso, para políticos e convidados, e no Parlatório do Planalto, para o povo. Não haverá coquetéis ou jantar. - O presidente pediu uma posse sóbria e forte politicamente - disse o coordenador do evento, Cézar Alvarez. O governo deve gastar pouco mais de R$1,1 milhão na festa. Haverá um show na Praça dos Três Poderes e convidados especiais: parceiros e beneficiários de programas do governo, como Bolsa Família, Pronaf e Luz para Todos. Da catedral ao Congresso, em carro aberto O presidente sairá do Palácio da Alvorada e irá direto para a Catedral de Brasília, às 15h45m. Da catedral, ele seguirá em carro aberto para o Congresso Nacional, acompanhado do vice-presidente, José Alencar. As esposas de Lula e Alencar estarão junto com os respectivos maridos. Já às 16h, os dois chegam ao Congresso Nacional, onde Lula fará o primeiro pronunciamento. Ao final do evento, que deve durar uma hora e meia, Lula e Alencar passam em revista as tropas. Por volta das 18h, começará a cerimônia no Palácio do Planalto. Lula subirá a rampa do Palácio do Planalto já com a faixa de presidente. De acordo com Alvarez, não haverá passagem de faixa porque "ela já faz parte do vestuário do presidente". Ao subir a rampa, Lula seguirá para o parlatório, onde fará o segundo pronunciamento. Os convidados ficarão do lado de fora do palácio, em área reservada. Do lado de dentro, estarão somente os ministros e seus familiares. São esperados cerca de 1.800 convidados no Planalto, incluindo governadores, prefeitos e magistrados. No Congresso, além dos parlamentares, haverá cerca de 300 convidados. Na Esplanada dos Ministérios, o governo espera entre 40 mil e 50 mil pessoas para a festa popular. O show será comandado pelo ator Sérgio Mamberti, secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, com apresentações de Leci Brandão e Olodum, entre outros. Eles não cobraram cachê.

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)