Terça-feira, 16 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Feriadão teve 75% mais mortes nas estradas


Agência O Globo RIO - O número de mortos em acidentes nas estradas do país aumentou neste feriado prolongado de 12 de outubro. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, na comparação com o último feriado prolongado (7 de setembro), o número de mortes foi 75% maior. A Polícia Rodoviária Federal registrou 1.290 acidentes, com 79 mortes, entre a madrugada de quinta-feira e a noite de domingo. No feriado anterior, foram contabilizados 1.012 acidentes, com 45 mortos. Segundo o balanço divulgado na tarde desta segunda-feira, Minas foi o estado que registrou o maior número de acidentes. Somente nas rodovias federais foram 253 acidentes, com 23 pessoas mortas e 140 feridas. Ao todo, foram 367 acidentes, com 37 pessoas mortas e 226 feridas. Em dois deles, foram sete mortes. No Estado do Rio de Janeiro, foram mais 300 colisões e 171 atropelamentos. Nas estradas federais do Rio, foram 97 acidentes, 41 feridos e 3 mortes. Em São Paulo, os atropelamentos responderam por cerca de 37% das mortes nas estradas. Nas rodovias federais que cortam o estado foram 118 acidentes, 85 feridos e 3 mortes. Em todo o estado, foram 908 acidentes. A Polícia Rodoviária informou ainda que a maioria dos acidentes ocorreu em rodovia com asfalto novo e pistas bem sinalizadas. No início da manhã desta segunda-feira, a Polícia Rodoviária Federal divulgou que foram 1.040 acidentes no feriadão de Nossa Senhora Aparecida, com 64 mortos e 658 feridos, um aumento de 42% sobre o feriado prolongado anterior, o de 7 de Setembro. Mas esta tarde os números foram alterados por conta de problemas no sistema de apuração de estatísticas da PRF. Em nota oficial, a PRF explicou que, em função de falha em seu sistema de apuração de estatísticas - provocada por instabilidade operacional - alguns estados não puderam efetuar o lançamento de seus acidentes na rede interna. Por isso, os números oficiais de acidentes, mortos e feridos em rodovias federais divulgados anteriomente estavam incorretos. Os estados com maiores números de ocorrências foram Minas Gerais (253 acidentes, 140 feridos e 23 mortes); Santa Catarina (181 acidentes, 130 feridos e 6 mortes); São Paulo (118 acidentes, 85 feridos e 3 mortes); Rio de Janeiro (97 acidentes, 41 feridos e 3 mortes) e Rio Grande do Sul (90 acidentes, 49 feridos e 2 mortes). Como o feriado de 2005 coincidiu com uma quarta-feira, não houve operação especial e portanto não há comparativo.

Gente de OpiniãoTerça-feira, 16 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Terça-feira, 16 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)