Porto Velho (RO) terça-feira, 14 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Exoneração de Freud Godoy será publicada nesta terça


Cristiane Jungblut - Agência O Globo BRASÍLIA - O Palácio do Planalto confirma que Freud Godoy, assessor especial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, encaminhou pedido de exoneração, que será publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira. Conforme o próprio Freud explicou em entrevista à TV Globo, o assessor encaminhou pedido de exoneração endereçado a Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente Lula, nesta segunda-feira. A assessoria do Planalto confirma ainda que Lula telefonou para Freud pela manhã para obter informações sobre o noticiário. Freud Godoy está sendo apontado como a pessoa que teria encomendado um dossiê contra o tucano José Serra, candidato ao governo de São Paulo. Freud está lotado na Secretaria Particular do gabinete pessoal do presidente da República. Ele foi nomeado no dia 12 de março de 2003, mas presta serviço no gabinete da primeira-dama, dona Marisa Letícia.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu