Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Eugênio Aragão vai representar militantes contra multa arbitrária


Gente de Opinião

Paraná 247 - O advogado Eugênio Aragão, ex-ministro da Justiça no governo Dilma Rousseff, representará o PT e os movimentos sociais junto à justiça paranaense contra a decisão que impôs uma multa de R$ 500 mil por dia para quem permanecer acampado.

O despacho, publicado na sexta-feira 13, é assinado pelo juiz substituto da 3ª Vara da Fazenda Pública, Jailton Juan Carlos Tontini. Ele alega que o valor estipulado justifica-se "diante do elevado número de pessoas existentes na área e com o intuito de dissuadir os réus".

"A decisão é claramente inconstitucional e arbitrária. O PT e a CUT tomarão todos as medidas jurídicas para garantir o livre direito a manifestação", afirma Aragão. Até a tarde deste sábado, o Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia, que realiza a vigília há uma semana, não havia sido notificado.

Gente de Opinião

No Acampamento , em Curitiba, o Samba da Resistência embala a vigília pela liberdade de @LulapeloBrasil. Mesmo debaixo de chuva e sob ameaça de multa diária de R$ 500 mil pela desmontagem do acampamento, apoiadores do ex-presidente permanecem mobilizados.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a